Reprodução assistida: inseminação artificial e fertilização in vitro. O que é?

88

Não consegue engravidar naturalmente e pensa na reprodução assistida? Uma consulta médica poderá avaliar o procedimento mais adequado para você. Conheça a inseminação artificial e a Fertilização in Vitro (FIV), elas diferem em método, custo e índice de sucesso.

A inseminação artificial ou intra-uterina consiste em facilitar o caminho percorrido pelos espermatozoides. O método estimula a ovulação da mulher por meio de tratamento hormonal e depois encaminha o sêmen coletado para o útero. Essa técnica de fertilização é mais em conta e tem taxa de sucesso de cerca de 15%.

Já na Fertilização in Vitro (FIV), conhecida também como “bebê de proveta”, são utilizados medicamentos que estimulam a produção múltipla de óvulos. Eles são aspirados por uma agulha e fertilizados em laboratório com espermatozoides selecionados. Após a fecundação, é feita a transferência de embriões para a cavidade uterina. Este método é mais caro e as taxas de gravidez podem chegar a 40%.